Top Menu

7 Dicas: Festival Fringe de Edimburgo

Você estará em Edimburgo durante o período do Festival Fringe de Edimburgo que acontece em agosto?  Então, saiba como aproveitá-lo ao máximo!

Por onde começar?

Complicado mesmo! Com tantas opções de apresentações e espetáculos (muitas mesmo, são mais de 50.000 – cinquenta mil!) fica muito difícil acertar. A nossa experiência de Fringe é muito boa, mas mesmo assim acabamos indo a eventos que foram horríveis! Na verdade, essa é a graça do Fringe: uma overdose cultural que em alguns momentos nos faz rir, em outros chorar, alguns nos surpreende e outros nos decepciona. Porém, acreditamos que deve ser intenso, se não for, não vale a pena! Se você assistir 7 ou mais apresentações você “viveu” o Fringe, se assistir menos de 7 você simplesmente o visitou.

1. Os veteranos de Fringe esperam

Eles até vão a algumas apresentações na primeira semana, principalmente àqueles eventos com artistas mais famosos, a espetáculos consagrados. Porém, antes de ir comprando todos os ingressos, eles esperam para ver o que a crítica irá dizer sobre as apresentações após a primeira semana do festival. Elas (as críticas) estão em todos os lugares, na internet, em jornais, etc, e ajudam muito na hora da escolha do que assistir. Assim mesmo, é uma loteria. Lembre-se que são principiantes, amadores, veteranos e profissionais dividindo a mesma cidade em inúmeras apresentações.

2. Tente assistir de tudo um pouco

Festival Fringe Edimburgo - Destino EscóciaUma comédia, um drama, um espetáculo de dança, uma apresentação de um grupo mais famoso, uma apresentação de rua, etc. Também não deixe de ver artistas de lugares do mundo que você nem saberia apontar no mapa. Eu particularmente adoro as apresentações de artistas japoneses (apesar de eu saber onde está no mapa rsrs). Vimos uma apresentação sobre uma lenda japonesa que foi linda e emocionante. Inesquecível e culturalmente enriquecedora!

3. Gaste pouco (se quiser)

Não gastar muito (ou quase nada) é possível mesmo com tantas opções. Normalmente às 2as e 3as feiras há várias apresentações 2 por 1 (2 entradas pelo preço de 1). Na maioria dos pubs e bares acontecem apresentações de comédia stand-up gratuitas, mas não se esqueça de deixar uma gorjeta. O melhor que assistimos até hoje foi uma peça de comédia grátis nos fundos de um pub de Old Town. Os atores, que eram americanos e amadores, estavam na rua chamando as pessoas para assistirem sua apresentação. Nunca rimos tanto nas nossas vidas! Por isso, se você sentir que vale a pena assistir algo, não deixe de ir.Fringe Festival Edinburgh - Destino Escócia

Se você tiver interessado em alguma apresentação em particular ou não tem nada planejado para o dia, vá ao quiosque da Virgin Money que fica em frente à Galeria Nacional (na Princes Street) e veja o que eles estão vendendo com desconto, pois eles vendem entradas para o mesmo dia pela metade do preço (2 por 1). Eles estão abertos de 10 a 29 de agosto, diariamente, das 10:00 às 21:00.

4. Compre os ingressos online

Se você já sabe o que quer ver, compre os ingressos online e retire na bilheteria principal do Fringe que fica na Royal Mile (180 High Street). Há filas também mas são super rápidas. É passar o cartão e clicar imprimir. Não se esqueça do cartão que utilizou para a compra! Sem ele você não conseguirá retirar seu(s) ingresso(s).
Site oficial de compra de ingressos Edinburgh Fringe Festival.

5. Não se esqueça de trazer dinheiro em espécie

É a maneira mais prática de desfrutar o Fringe. Você vai precisar para as gorjetas das apresentações gratuitas, para alguns pubs e bares, assim como para comer em alguns quiosques.

6. Traga o seu guarda-chuva

Pois você está em Edimburgo onde o clima é imprevisível e especialmente em agosto quando chove mais.

7. Entre no clima

Tente não se incomodar muito com a multidão que invade a cidade. Há milhares de pessoas que amam os Festivais de Edimburgo (acontecem outros festivais no mesmo período) e elas vêm dos quatro cantos do mundo, fielmente, todos os anos. Esse número somente cresce, a cada edição o Festival Fringe de Edimburgo registra um novo récorde de público. Um amor que vai passando de geração em geração, de pais para filhos para netos, desde o primeiro festival que aconteceu em 1947.